Jovens Missionários Notre Dame atuam no Maranhão
26 de julho de 2017 Notícias, Pastoral, Portal, Portal Pastoral
destaque site 2

Para alguns, as férias de julho são muito esperadas por possibilitarem que vão à praia, viajem, visitem parques temáticos ou descansem. Este, contudo, não foi o caso dos 16 adolescentes que participam da terceira edição do projeto Jovens Missionários Notre Dame.

A iniciativa, que concretiza alguns dos Princípios da Rede de Educação Notre Dame – como “Amor, bondade e firmeza”, “Relações afetivas e solidárias” e “Integração escola, família e comunidade” -, ofereceu aos estudantes do Ensino Médio do Colégio Notre Dame Ipanema a oportunidade de tornaram-se missionários em Timon (MA).

De 20 a 27 de julho, eles farão visitas às famílias, ministrarão oficinas e palestras para jovens e crianças, apresentarão um espetáculo teatral para a comunidade local, participarão de encontro de jovens e de celebrações religiosas e vivenciarão momentos de lazer, além de conhecer a região e a realidade deste povo nordestino. Tudo isso, acompanhados pelo agente de Pastoral Escolar, Henrique Kaladan, e pela Irmã Cristina Backes.

DSC_0643Antes de partir em Missão, contudo, os educandos participaram de Celebração de Envio, a fim de pedir a intercessão divina para o bom êxito da experiência.

A cerimônia – realizada na segunda-feira (17), na capela da instituição de ensino – enfatizou a importância de ensinar e, também, de aprender, quando se está em um lugar novo e envolto por uma nova rotina. DSC_0027Afinal, como define Henrique, ser missionário é doar todo o seu ser, esvaziando-se profundamente do ‘eu'”. “Ser  Missionário não é uma profissão ou uma opção para angariar recursos para si mesmo”, afirmou. “É um compromisso assumido para que os desvalidos recebam alento no tempo presente, com a certeza da salvação em Jesus Cristo”, complementou.

O agente de Pastoral, também, esclareceu o significado de solidariedade, como o estabelecimento de uma relação mútua que envolve, de um lado, o comprometimento e a responsabilidade do envolvimento humano de alguém que pode ajudar com o que estiver ao seu alcance e, de outro, alguém que precisa ser ajudado para a superação de obstáculos. “Um jovem missionário leva alegria a quem mais precisa”, complementou, Irmã Lourdes Dalbosco.

A coordenadora Pedagógica do Ensino Médio, Elizabeth Cavalcanti, por sua vez, aconselhou os voluntários a oferecer o que têm de melhor aos jovens e à população que encontrarão no Maranhão. “Levem o amor: o amor que vocês são, o amor que vocês espalham pelos corredores do Colégio diariamente. Levem isso: seu amor!”, orientou.

DSC_0077Entre os missionários, a expectativa era grande, fossem eles de primeira, segunda ou terceira viagem. Pedro Riezemberg, estudante que já participou da Missão, pretende retornar à capital carioca com um novo olhar. “Além disso, ela nos proporcionará uma mudança de atitude, pois vamos viver a realidade da grande maioria em nosso país”, explica . O ex-aluno Gil Andrade, concorda. “Sempre volto renovado, valorizando mais as coisas”, comenta. DSC_0080Para o ex-aluno Rafael Albuquerque, é, ainda, uma oportunidade de sair da zona de conforto. “Além de viajarmos para uma realidade diferente da nossa, é uma imersão para dentro de nós mesmos”, afirma, referindo-se ao aspecto introspectivo das reflexões que espera vivenciar.

Aqueles que se voluntariam pela primeira vez, como Pedro Cobalea, pretendem auxiliar os amigos que encontrarão, levando-lhes esperança e alegria. “Vamos conviver com pessoas iguais a nós, independente de onde ou como vivem”, concorda Bárbara Pfeifer. Ela, ainda, afirma que vai ensinar, mas sabe que aprenderá muito mais.

Veja mais fotos da Celebração:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>