A primeira avaliação a gente nunca esquece!
3 de abril de 2019 Notícias, Portal
destaque site 2

Consideradas, por muitos, como o “bicho papão” da vida escolar, as responsáveis por tirar o sono dos estudantes não podem ser dissociadas de uma educação que visa preparar o educando para a vida. Afinal, as avaliações são, comumente, utilizadas em diferentes processos seletivos, como o para ingresso no Ensino Superior,  além de ser um meio de tornar os atos de ensinar e aprender mais produtivos e satisfatórios.

No Colégio Notre Dame Ipanema, elas são aplicadas a partir do 2º Ano do Ensino Fundamental, quando a expressão dos aprendizados construídos passa a ocorrer de forma numérica. Por isso, antes de se depararem com elas, os educandos participam de atividades que visam tranquilizá-los, como esclarece a coordenadora Pedagógica, Guacyra Giglio. “Lembrando que é a primeira vez que isso acontece na vida deles e que a experiência pode marcar, positiva ou negativamente, a vida acadêmica, buscamos que esse contato com um instrumento de avaliação represente um momento positivo e prazeroso, no qual o que está sendo avaliado é o que eles já dominam com segurança, ao invés daquilo que eles ainda ‘não sabem'”, comenta.

IMG_2327-7Para tanto, são adotadas práticas de relaxamento, que consistem em exercícios de respiração e alongamento, embalados por músicas marcadas pela frequência Solfeggio – usada, originalmente, nos cantos gregorianos e capaz de gerar bem-estar. Além disso, as docentes assistem as crianças. “Assim que recebem a folha de avaliação, orientamos o preenchimento do cabeçalho e fazemos uma leitura de todas as atividades propostas, esclarecendo seus comandos, como circule, envolva, relacione e outros”, descreve a educadora Fernanda Bahia.

DSC_0439-9Ainda com o intuito de deixar os educandos seguros para que solucionem as questões, colaborando para que se possa identificar os pontos de evolução e as dificuldades de cada um deles em relação aos conteúdos estudados, não são usados os termos prova ou avaliação. “Apenas colocamos o nome da disciplina na folha que contém as questões”, explica Fernanda.

Paralelamente, conforme relata a coordenadora, a equipe pedagógica empenha-se em orientar os responsáveis. “Muitas vezes, eles querem uma ‘nota alta’, depositando uma carga enorme de cobrança sobre as crianças”, afirma, complementando que é necessário compreender que elas estão aprendendo a realizar a avaliação, por isso, neste momento, o fazer é mais importante que o desempenho.

Veja mais fotos:


O que diz o informativo escolar sobre avaliação:

Já há algum tempo, nas escolas da Rede de Educação Notre Dame, avançamos no aperfeiçoamento do trabalho pedagógico, o qual, entre outras mudanças, adotamos uma avaliação multidisciplinar em toda a educação básica.

O sistema de avaliação educacional do Estabelecimento busca aferir a efetividade dos processos de ensino e de aprendizagem, bem como a validade e o alcance da metodologia e é, em qualquer de suas formas, contextualizado, inter, multi e transdisciplinar. A avaliação escolar acontece de forma permanente e coerente com a concepção de educação do Estabelecimento. Desenvolve-se por diferentes estratégias de aferição dos processos de ensino e de aprendizagem.

A avaliação caracteriza-se como um processo participativo, contínuo e cumulativo com a finalidade de diagnóstico, de crescimento e de mudança nos processos de ensino e de aprendizagem. Abrange os aspectos cognitivos, afetivos e sociais, prevalecendo o caráter formativo sobre o quantitativo e classificatório, coerente com o currículo da escola.

  • A avaliação da aprendizagem se refere à avaliação dos processos de ensino e de aprendizagem, que é contínua e permanente. Busca aferir a efetividade do processo de ensino e de aprendizagem, bem como a validade e o alcance da metodologia. Avaliam-se a construção e a reconstrução de conhecimentos, competências, habilidades e o desenvolvimento de atitudes.
  • O aproveitamento do estudante é apurado, durante todo o trimestre, através do conjunto de observações sobre seu desempenho em resposta a variados instrumentos de avaliação, tais como: atividades pedagógicas individuais e/ou em grupo, pesquisas, registros, cadernos, tarefas de casa, trabalhos práticos, simulados, avaliações diversificadas e parciais, provas multidisciplinares, avaliação formativa, entre outros.O uso correto e adequado da Língua Portuguesa, a redação de textos é pertinente a todas as áreas, em todas as disciplinas, em seus respectivos trabalhos e avaliações, de acordo com as exigências específicas de cada série/ano.Não será permitido ao estudante chegar somente no horário das provas e nem sair após as mesmas, exceto casos avaliados pela Coordenação.Os estudantes que forem suspensos das aulas em dia de avaliação não têm direito à prova de segunda chamada, ficando com nota zero. Os estudantes que forem flagrados “colando” durante as avaliações, a prova será recolhida e analisada pelas coordenações. O sistema do Colégio prevê que a avaliação do ensino e da aprendizagem ocorrerá ao longo de três trimestres.1º Trimestre – 04/02 a 17/05/192º Trimestre – 20/05 a 06/09/193º Trimestre – 09/09 a 06/12/19
  • A expressão dos resultados da avaliação é realizada1) na Educação Infantil por meio de  Parecer Descritivo trimestral, sem caráter de promoção, mesmo para o acesso ao Ensino Fundamental;2) no 1º ano do Ensino Fundamental, trimestralmente, por meio de Parecer Descritivo, tendo caráter diagnóstico, sem retenção;3) no 2º ano do Ensino Fundamental ao Ensino Médio, trimestralmente, por meio de valores numéricos, na escala de zero a cem pontos (0 a 100), com direito à Recuperação Final em todas as disciplinas para os estudantes que não obtiverem sessenta pontos (60), nota mínima para aprovação em cada disciplina, divididos em trimestres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>